Auditoria Independente – Dinheiro

Como conseguir taxas de juros mais atrativas?

O crédito é o anseio de grande parte das pessoas e empresas do país, contudo, essa tomada normalmente esbarra em um ponto crucial, as taxas de juros, que por vezes assustam quem precisa desses valores. Mas, por que algumas pessoas pagam taxas de juros mais baixas e outras mais altas?

Para responder essa questão é preciso entender esse processo de obtenção de crédito para usar esse indicador a favor dos objetivos. Primeiro ponto é entender que a taxa de juros é a remuneração cobrada para a tomada de crédito ou para o financiamento de bens e serviços.

Além de remunerar quem empresta o dinheiro, ou financia um bem, sua formação também considera outros aspectos, como impostos e o risco de eventual inadimplência.

Geralmente quando uma pessoa decide comprar um bem, como um carro por exemplo, ela vai até uma concessionária, escolhe o modelo e submete-se à avaliação de crédito. O vendedor já vem com o financiamento pré-aprovado. Como o comprador, normalmente, não conhece muito sobre o custo do dinheiro, ele apenas atenta se a parcela cabe no bolso e dá continuidade ao processo, que a longo prazo pode sair muito mais caro do que se espera.

Nos casos de empréstimos ou crédito para capital de giro, acontece a mesma situação. Muitas pessoas e empresas procuram os bancos somente quando precisam do crédito, sem um planejamento prévio. Esse processo, geralmente, faz com que o tomador foque sua necessidade imediata e perca boas oportunidades que, certamente, existem no mercado. Contudo, para que essas oportunidades sejam aproveitadas, é fundamental conhecer o mercado de crédito e planejar o melhor momento para sua tomada.

Como sempre reforço, o imediatismo na captação de crédito pode prejudicar a saúde financeira, principalmente das empresas. Então, o que fazer para ter acesso a financiamento ou capital e giro com taxas mais atrativas?

Ao decidir comprar um bem, como um carro por exemplo, ou obter crédito para capital de giro, no caso de empresas, o primeiro passo é procurar os bancos onde se possui conta. Depois disso, aprovar o crédito e comparar as taxas entre os bancos. Somente depois disso, decida com qual instituição financeira você vai trabalhar.

Outra recomendação: para conseguir crédito bom e barato, não basta ser apenas um bom negociador. Quanto mais você conhecer sobre o mercado de crédito, melhores oportunidades você vai conseguir.

Muitas vezes o caminho principalmente para as organizações é procurar uma empresa especializada em captação de crédito, que possui grande conhecimento no mercado de crédito, e que tenha sólidas parcerias com os principais agentes financeiros do país e que, por meio de um planejamento consistente, pode garantir à sua empresa um leque de opções com melhores condições de negociação para atender suas demandas de crédito.

Adilson Seixas – especialista em capacitação de crédito e fundador e CEO – LOARA – Referência em Crédito para Empresas.

Compartilhe