Contribuição Impostos Do Simples Nacional

Valuation como ferramenta para o planejamento estratégico

Valuation é o termo em inglês utilizado para Avaliação de Empresas, um processo minucioso de análise de aspectos econômico-financeiros da companhia para determinar o seu valor de mercado. Existem diversos métodos para calcularmos o valor da empresa e um muito relevante é o método de Fluxo de Caixa Descontado, o mais utilizado pelas consultorias especializadas.

Veja mais reportagens sobre gestão patrimonial

Existem vários motivos para elaborar o Valuation de uma empresa, desde o mais óbvio, que é descobrir o seu valor, até motivos mais estratégicos, como a venda ou o interesse de um investidor.

Todo o processo de Valuation obriga o gestor a olhar profundamente para o negócio, pois neste momento ele terá que buscar informações financeiras, de estoque, balanços antigos, enfim, vasculhar sua história.

Para projetar o fluxo de caixa é necessário olhar para o histórico da empresa para analisar sua evolução. Olhamos para aspectos contábeis e financeiros como receitas, CMV ou CSV, endividamento, contingências, capital de giro, estoques, investimentos, receitas, despesas diversas, tributos e medimos os resultados do decorrer dos anos.

Com base nos indicadores gerados, projeta-se o fluxo de caixa para um horizonte de, pelo menos, cinco anos. Na maioria dos casos projetamos para dez anos, considerando o crescimento esperado obtido pelo histórico e frente à expectativa de mercado, considerando a perpetuidade do negócio, ou seja, quanto mais informação o empresário conseguir levantar, mais real se tornará essa projeção.

Em seguida, este valor é trazido a valor presente. Um fator determinante na apuração deste é a taxa de desconto utilizada, obtida através do cálculo do custo do capital, utilizado para a análise do retorno esperado do empreendimento. Normalmente esta taxa é calculada com base no cálculo do Custo Médio Ponderado do Capital, também conhecida como WACC, do inglês, Weighted Average Capital Cost.

Outros aspectos importantes no processo de Valuation são os estruturais e organizacionais, como capacidade produtiva, modelo de gestão, sistemas aplicados, equipe, certificações de qualidade, entre outros. Quanto mais organizada é a empresa, melhor serão os índices de projeção de crescimento.

O processo todo é grande diagnóstico da empresa e que nos traz informações valiosas, muito além do valor da empresa. Acontece frequentemente que a empresa percebe que precisa fazer modificações importantes na gestão antes de finalizar o Valuation, pois identifica falhas em seus processos e em suas fontes de informação, sendo esse é um ótimo momento para rever seu negócio.

A partir dos dados obtidos, é possível gerar diversos cenários para o negócio, simulando novos investimentos, aumento de capacidade produtiva, aumento ou redução de pessoal, entre outros fatores que influenciarão diretamente nos resultados da empresa e consequentemente em seu valor de mercado.

A simulação de investimento em uma simples máquina pode se mostrar como uma ótima alternativa de expandir os resultados da empresa, assim como também pode te mostrar que não é a hora certa para investir. Além disso, podemos avaliar como diversos outros fatores que influenciam no valor do negócio, como o endividamento, os preços praticados, o estoque parado, etc.

Fazer o Valuation da empresa é uma maneira eficiente de trazer à tona como está a eficácia da gestão da empresa, ajudando a diagnosticar onde estão os pontos fortes e os pontos fracos, fornecendo as informações necessárias para traçar as estratégias e então obter melhores resultados com o negócio.

Fernando Prado de Mello – sócio da Saraf Gestão Patrimonial de Ativos Imobilizados

Deixe uma resposta