Restituição IR – Vantagem para quem vai declarar na última hora

Rio – Quem ainda não declarou o Imposto de Renda 2014 pode ter vantagens sobre quem se adiantou. Como o valor da restituição é corrigido pela Taxa Básica de juros, a Selic, do período, os lotes finais recebem mais juros, referentes aos meses anteriores. 

Porém, é preciso ter cuidado ao deixar para a última hora, já que a pressa aumenta o risco de entregar alguma informação errada, podendo cair na malha fina.

“Atualmente, a Selic está em 0,77% ao mês, percentual maior que o da maioria das aplicações, que rendem cerca de 0,5% ao mês. Ou seja, vale mais a pena esperar mais tempo pela restituição do que investir o valor na poupança, por exemplo”, explica Welinton Mota, diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil.

No entanto, para o contribuinte que precisa do dinheiro com urgência, o melhor seria ter declarado logo no início do prazo, para receber o valor antes. Além disso, a estratégia de adiar a entrega não vale para quem tem mais de 60 anos ou usou a certificação digital, pois essas pessoas têm prioridade na hora de receber a restituição, independentemente da data do envio da declaração.

Apesar de reconhecer as vantagens dessa tática, Welinton Mota não aconselha esperar até o fim do prazo. “Sempre falta algum documento que o contribuinte não consegue imediatamente. Às vezes, demora uma semana para conseguir. Além disso, a pressa pode levar a erros no preenchimento”, alerta o especialista.

Segundo ele, se até o dia 30 o contribuinte ainda não tiver todos os documentos à mão, é melhor entregar a declaração incorreta e depois corrigir a informação do que esperar e pagar multa.

A autônoma Temelita da Silva Souza, de 60 anos, deixou a declaração para a última hora: “Farei a minha declaração ainda na segunda-feira.” Pode ser que tenha melhor restituição.

Fonte – O Dia – http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2014-04-24/vantagem-para-quem-vai-declarar-imposto-de-renda-na-ultima-hora.html

Leia também:

– Aposentados com mais 65 anos têm limite de isenção maior do IR
– Declaração do Imposto de Renda – Veja as principais dicas
– Imposto de Renda: saiba quando é vantajoso fazer a declaração conjunta