Investimentos Financeiros

Investimentos financeiros: qual a importância e como fazê-los

O atual sistema econômico que rege o mundo ocidental oferece diversas possibilidades para as empresas e pessoas multiplicarem o seu dinheiro. Se antes o capital caracterizava-se predominantemente pelo aparato físico, como os patrimônios ou o próprio dinheiro em si, hoje a riqueza se configura imaterialmente, como no caso dos investimentos financeiros.

Nesse cenário, os investimentos financeiros ganham destaque enquanto meios que permitem que o capital gire, se multiplique e renda benefícios ao investidor. Para qualquer empreendimento, o verbo investir torna-se quase que uma lei de mercado, tanto para uma política de prevenção em tempos de crise, como de crescimento, quando a situação favorece.

Neste artigo, mostraremos sinteticamente qual é a importância de se investir e quais são os principais tipos de investimentos para você fazer seu capital girar. Confira os tópicos abaixo e veja qual modelo é mais adequado para o seu negócio!

Qual é a importância de investir para ampliar os rendimentos?

O que fazer quando há superávit nos cofres da empresa? Esse é o tipo de questão que surge na mente de muitos empreendedores e administradores ao se depararem com o lucro.

Na atual conjuntura econômica, talvez a melhor alternativa seja o investimento, pois é ele que fará com o que o lucro gere mais lucro. Há dois exemplos que se aplicam a essa ideia e ilustram bem a importância de se investir:

  • promover modernização de equipamentos e recursos da empresa, com o objetivo de qualificar o produto ou serviço ofertado;
  • planejar uma reserva financeira para sustentar os períodos de menos demanda e crise. Os seguros e benefícios são possibilidades viáveis.

Como escolher os melhores investimentos financeiros? Por onde começar?

Depende muito de seus objetivos, capacidade de investimento e pretensão de resultados. Apresentamos, a seguir, alguns modelos de investimentos que podem ser interessantes para você.

Ações

Um dos tipos de investimentos financeiros mais arriscados, porém lucrativos, são as ações aplicadas em determinado negócio. Elas geralmente são compradas na Bolsa de Valores, por meio de corretoras especializadas, e fazem do acionista um sócio da companhia.

Há de se considerar os dois lados da moeda quando o assunto é compra de ações. Se a empresa cuja as ações foram compradas vai bem, o acionista consequentemente será beneficiado ao receber parte do lucro a que tem direito, calculado a partir do superávit do empreendimento (dividendos).

Da mesma maneira, o negócio pode passar por crises e não render mais lucros por determinado tempo ou até por um longo período. Por isso, é importante estar atento ao mercado e investir em propostas com potencial de lucro.

Títulos públicos

Os títulos públicos são uma forma de emprestar dinheiro ao Governo Federal e receber de volta, a médio prazo, o valor com juros. É uma estratégia utilizada pelo Poder Público para financiar suas dívidas e que gera oportunidades para fazer o dinheiro aumentar.

Pode-se conseguir títulos públicos por meio da Secretaria do Tesouro Nacional, que é responsável pelos títulos, e também em leilões. É um tipo de ação semelhante ao que os bancos utilizam.

CDBs

Muito semelhante ao modelo anterior, o Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um empréstimo para o banco que, num período determinado, retornará com o valor acrescido por juros. Configura-se como um modelo de renda fixa e oferece baixo risco.

Fundos de investimentos

Categoria na qual dois ou mais investidores se reúnem e formam um fundo para investir em determinado projeto, em que os gastos são repartidos, assim como os lucros. É um caminho interessante quando se tem uma ideia promissora. Os riscos também são menores em comparação com as ações, por exemplo.

Enfim, independentemente do modelo adotado, vale ressaltar que os investimentos financeiros são fundamentais para a sobrevivência e crescimento de qualquer negócio. Em um mercado que funciona sob um alto nível de competitividade, quem não investe tende a ficar para trás.

Gostou de aprender mais sobre a importância de realizar investimentos financeiros? Que tal nos seguir nas redes sociais para continuar por dentro de mais conteúdos assim? Estamos no Facebook e no Linkedin!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *