Gerenciamento De Ti

Gerenciamento de ti: 9 dicas para otimizar a rotina de TI!

A tecnologia é essencial para as empresas que desejam se tornar destaque e ganhar vantagem competitiva no mercado, já que possibilita a automação dos processos, eficiência, agilidade e elimina as ações ineficazes nas suas operações. Por esse motivo, ter um gerenciamento de TI eficaz é muito importante.

Para que isso ocorra, é preciso adotar medidas estratégicas para aprimorar as rotinas da tecnologia de informação e melhorar o desempenho dessa ferramenta no negócio.

Pensando nisso, elaboramos este texto com algumas dicas para otimizar o processo de TI na sua empresa e obter um serviço de melhor qualidade. Confira!

1. Use indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho auxiliam na análise da performance e na identificação da melhor maneira de aprimorar os processos e o gerenciamento de TI, tendo em vista que por meio deles é possível que o gestor tenha uma visão complexa e real sobre diversos pontos, como erros em softwares e a disponibilidade de ferramentas. Entre os indicadores que podem ser utilizados, estão:

  • vulnerabilidade de segurança;
  • tempo médio de liberação de recursos;
  • índice de falhas em um sistema etc.

2. Registre os processos

As atividades do departamento de TI se acentuam cada vez mais devido ao surgimento de novas tecnologias e demandas. Registrar os processos é primordial para que o controle das tarefas não se perca e a qualidade do trabalho não seja afetada. Essa é uma forma de estruturação de dados referentes aos serviços prestados de manutenção ou reparação, que pode fazer a diferença para a rotina do setor e para toda a companhia.

3. Treine a equipe

Como os instrumentos utilizados no ambiente de trabalho se atualizam com frequência, é muito importante que toda equipe esteja preparada e qualificada para se adequar às inovações. Os treinamentos são uma excelente alternativa para reduzir ou eliminar falhas em processos e brechas no sistema, além de manter o conhecimento de cada pessoa do time sempre atualizado.

4. Conheça a satisfação dos usuários

Conhecer o grau de satisfação dos usuários com os serviços prestados pelo setor de TI contribui para a identificação de problemas. Além disso, é possível saber como as ações definidas pelos gestores impactam no dia a dia dos colaboradores. Por intermédio de pesquisas realizadas em diversos setores, é possível avaliar o que pode ser melhorado e quais métodos podem ser modificados, tornando a operação de TI mais eficiente.

5. Monitore os processos de TI

A delegação e o monitoramento das tarefas internas são procedimentos que, quando bem desenvolvidos, impactarão diretamente no atendimento de solicitações internas e na organização na área de TI. Por esse motivo, é preciso entender a melhor maneira de manter a equipe operacional sem que isso influencie na capacidade de execução de cada funcionário para resolver problemas.

No caso da distribuição de tarefas, é preciso considerar as possibilidades de atuação de cada equipe e suas habilidades técnicas. Dessa forma, é possível evitar que um colaborador exerça atividade diferente da sua qualificação. Já o monitoramento possibilita que um funcionário consiga delegar tarefas, acompanhar o seu crescimento e encontrar atrasos de forma ágil. Assim, fica mais fácil manter uma visão ampla, independentemente do lugar em que esteja.

6. Utilize feedbacks

É essencial dar feedback sempre que algo errado for identificado na rotina de trabalho de um membro do grupo de colaboradores. Assim, ele poderá corrigir seus atos, gerando benefícios para a empresa. É uma prática simples, mas quando bem empregada, pode se tornar um diferencial, aperfeiçoando a interação e o desenvolvimento da equipe.

Além disso, reconheça aqueles que conseguirem cumprir suas metas e se destacar. Isso engaja e motiva o profissional, além de demonstrar que seu esforço é reconhecido e valorizado.

7. Integre os setores

A otimização do setor de TI também deve ser direcionada para que todos os setores possam atuar por meio de um sistema integrado, que evite falhas de comunicação entre funcionários e agilize ao máximo o dia a dia de cada departamento. Para isso, é necessário usar os recursos adequados e as estratégias mais eficientes. Nesse caso, uma boa alternativa é a computação em nuvem, que possibilita a troca de informações em ambiente seguro e acessível.

O uso desses recursos no ambiente corporativo simplifica o relacionamento e a resolução de dúvidas, e quando integrados à web, tornam-se verdadeiros canais de comunicação, reduzindo as distâncias e os prazos internos. Assim, os processos de TI são realizados com qualidade.

8. Tenha metodologias adequadas

As metodologias no ambiente de TI podem ser adotadas para várias finalidades, como a criação de um ambiente laboral seguro ou a integração dos processos para economizar tempo no atendimento das demandas.

Como existem diversos instrumentos disponíveis no mercado, é preciso escolher aqueles que estão em conformidade com a demanda interna, por meio da avaliação de objetivos e metas de médio e longo prazo. Assim, todos os propósitos serão atingidos rapidamente por meio de um fluxo de trabalho altamente produtivo.

9. Invista em novas tecnologias

Para conseguir acompanhar um mercado tão competitivo e atender clientes cada vez mais exigentes, investir em tecnologias inovadoras é fundamental para se adequar a essas mudanças que vêm ocorrendo. Para as instituições que visam acompanhar essa transformação digital dos negócios, é necessário alterar processos e adotar práticas como a automatização de processos, a realização de testes de qualidade e demais recursos otimizadores.

Desse jeito, é possível agir de forma mais efetiva, melhorando a qualidade dos serviços para que eles atendam da melhor forma possível aquilo que é esperado pelo setor de TI, gerando mais valor agregado.

Conseguiu entender a importância do gerenciamento de TI eficaz para a otimização dos processos? É indispensável a adoção de rotinas eficientes, recursos mais econômicos, manutenção e melhoria de infraestrutura bem executados e alinhadas aos objetivos dos negócios etc. O ideal, nesse momento, é identificar quais são as medidas que mais se adaptam às necessidades e que atendam às demandas do mercado de forma adequada.

Este texto foi útil para você? Então aproveite a sua visita no blog e assine agora mesmo a nossa newsletter para receber as novidades diretamente na sua caixa de entrada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *