Erros De Empreendedores

5 principais erros de empreendedores para não cometer

Quem se aventura no empreendedorismo está sempre em busca de estratégias para fazer sua empresa crescer, contudo, esse processo também envolve alguns erros de empreendedores. Eles acontecem por inexperiência, falta de conhecimento na área, questões comportamentais incompatíveis com o mundo dos negócios, entre outros fatores.

A seguir, separamos cinco dos principais equívocos ou falhas que podem comprometer seriamente uma organização, além de dicas para evitá-los. Portanto, não deixe de conferir!

1. Não manter um planejamento pode justificar erros de empreendedores

O primeiro grande erro é começar ou manter as operações de uma companhia sem contar com um bom planejamento, o qual é expresso, normalmente, no plano de negócios da empresa. Sem isso, dificilmente o gestor estará preparado para lidar com possíveis alterações de demanda, épocas de sazonalidade, mudanças repentinas em preços de insumos, entre outras variáveis.

Além do mais, é no planejamento que se definem estratégias, orçamentos e investimentos necessários para manter a empresa e para fazê-la crescer de forma sustentável. Tudo isso é feito com base em pesquisa e estudo de mercado alinhado aos recursos do empreendimento.

A ausência de um planejamento deixa não só o gestor, como também sua equipe, sem saber como agir no curto, médio e longo prazo mediante o surgimento de riscos e oportunidades mercadológicas.

2. Não ter uma gestão financeira adequada

Existem alguns instrumentos que não podem faltar no gerenciamento das finanças da empresa, como fluxo de caixa, demonstrativos econômicos e indicadores financeiros. Essas ferramentas fornecem apoio para o controle das entradas e saídas de capital do negócio, bem como para a análise dos resultados e da performance do setor responsável por geri-los.

Por isso, é essencial estruturar bem um departamento financeiro, dividindo suas responsabilidades com profissionais capacitados e de confiança. O empreendedor precisa ter controles eficientes na área e adotar práticas de excelência nas rotinas que envolvem as finanças do empreendimento, para que administre bem seu caixa, inclusive em momentos de crise.

3. Não acompanhar a rotina da empresa

Por falar em rotina, outra falha comum de empreendedores é a falta de acompanhamento do que ocorre dentro de seus negócios. É preciso observar, verificar e monitorar os processos internos da empresa para avaliar se são eficientes ou se precisam ser trocados. Isso vale para rotinas operacionais e de gestão, procedimentos de segurança do trabalho, ações de RH etc.

Essa ação é importante porque qualquer mudança deve ser iniciada pela liderança, pois é ela que detém o poder de alterar a estrutura de funcionamento da empresa e seu regulamento interno, além de intervir no status quo dentro dos setores.

4. Não divulgar a companhia

Por mais que a organização funcione adequadamente, tenha uma boa gestão das finanças e conte com processos de excelência, sem divulgação, dificilmente ela terá bons resultados. Afinal, os clientes precisam conhecer os produtos, os serviços e a marca do empreendimento para virem até ele fechar negócios.

Portanto, é fundamental investir em marketing e publicidade, no intuito de tornar a organização conhecida e de elevar suas vendas.

5. Não investir em consultorias e contabilidade

O quinto erro dessa lista envolve a falta de investimento em consultorias. Isso se torna um problema quando o empreendedor não tem o conhecimento necessário para gerenciar determinados processos de seu empreendimento, vindo a necessitar de ajuda especializada, porém não buscando apoio.

Esse tipo de situação pode gerar prejuízos para a empresa, além de provocar empecilhos que podem ser mais difíceis de serem solucionados no futuro. Um exemplo ocorre na área contábil, uma vez que a lei fiscal brasileira envolve muitos detalhes que só uma contabilidade especializada conhece e é capaz de lidar.

Para manter as contas em ordem, pagar os tributos de forma adequada e evitar problemas com o governo, é essencial buscar os serviços desse tipo de organização. E para se prevenir de outros riscos e problemas, lembre-se de contratar consultorias renomadas.

Se tiver dúvidas sobre como achar os melhores parceiros para o seu negócio, é recomendado entrar em contato com associações especializadas em indicar organizações que fornecem serviços que o ajudam a não cometer os erros de empreendedores apontados.

Gostou deste conteúdo? Que tal compartilhá-lo nas suas redes sociais para que seus contatos e amigos também aprendam quais são os erros de empreendedores mais comuns? Vamos lá!

Estamos no Facebook e Linkedin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *