É importante planejar já sua aposentadoria

É importante planejar já sua aposentadoria

Todas as pessoas devem se preocupar com uma aposentadoria sustentável financeiramente. Para isso, uma dúvida que fica é se é mais vantajoso uma previdência privada ou pagar o INSS? É importante antes de tomar esta decisão refletir sobre como pretende viver sua aposentadoria.

Antes de escolher uma forma de previdência, é preciso saber o valor que necessita quando parar de trabalhar, recomendo que o valor guardado deva dar um rendimento que seja o dobro do padrão de vida da pessoa. Assim, se tem um padrão de vida de R$2 mil, deverá ter de rendimento no mínimo do dobro disso, ou seja R$4 mil. Utilizando R$2 mil para seus gastos mensais e o restante será somado à reserva para que numa precise mais depender de seu trabalho.

Sobre o tipo de aplicação, mesmo que não seja registrado, aconselho ter uma contribuição no INSS sobre um salário mínimo, que possibilita alguns benefícios. Porém, é preciso ter uma previdência privada ou guardar dinheiro em uma linha de investimento que possibilite uma aposentadoria sustentável e segura.

As previdências privadas VGBL ou PGBL são sem dúvida atrativas e rentáveis, sendo que a PGBL é indicada para quem tem em seu rendimento retenção na fonte de imposto de renda. Porém, sempre recomendo comparar com outras aplicações, é preciso pesquisar.

Outro ponto que é fundamental ter em mente é que esta aplicação é para deixar guardada para render à longo prazo. Se a pessoa precisar deste dinheiro para situações do cotidiano este tipo de aplicação já não se torna tão interessante.

Muitos são os cuidados, mas ressalto a importância de escolher por uma instituição financeira que tenha lastro, que seja de grande porte e também chamo a atenção para as taxas de carregamento e de manutenção. Recomendo pesquisar as , analise a rentabilidade dos últimos anos, nem sempre aquela previdência que cobra taxas de carregamento menores devem ser escolhidas. Também não esqueça de pelo menos uma vez por ano de comparar com as outras previdências de outras instituições, lembrando que não se paga taxa sobre a portabilidade e essa deve ser aplicada se necessário for.

Lembre-se, o que se decide hoje refletirá amanhã, portanto invista imediatamente em sua educação financeira e seja responsável e respeite seu dinheiro porque ele não aceita desaforo.

Reinaldo Domingos – Educador Financeiro e Presidente da DSOP Educação Financeira, autor de vários livros, dentre os quais Eu Mereço Ter Dinheiro (Editora DSOP).