Cartão pré-pago é ótima opção, desde que se tenha educação financeira

Ainda pouco divulgado no país, o cartão pré-pago pode ser uma interessante opção para quem não tem cartão de crédito eu enfrenta problemas em controlar o gasto do dinheiro, mas para isso algumas preocupações são necessárias. Dentre os pontos positivos se destacam o fato de ser uma opção para quem não tem como comprovar renda ou em casos de pais que precisam controlar os gastos de seus filhos. Em contra partida existe o lado negativo que são as inúmeras taxas cobradas para utilizar seus recursos.

Mas como funciona esta ferramenta, é bastante simples, é semelhante ao cartão de débito comum, onde basta depositar a quantia desejada que pode ser utilizado para fazer compras, contratar serviços e até realizar saques em caixas eletrônicos existindo possibilidades de modelos recarregáveis e não recarregáveis. Mas estas facilidades não são de graça, para utilizá-lo é necessário pagar por todos os recursos como a taxa de adesão, mensalidade, recarga, saque e 2ª via.

Assim, é importante ter em mente que esta é uma ferramenta financeira e como tal é necessário saber utilizar. Com certeza o cartão de crédito pré-pago pode auxiliar a vida financeira e no controle de gasto da pessoa, pois, estabelece uma disciplina (já que se pode utilizar um limite mensal), é um facilitador de compras, evita que se ande com dinheiro, dentre diversas outras vantagens. Mas, a sua disponibilização deve ocorrer depois que se entende um pouco de educação financeira, senão na primeira ocasião se gasta todo o montante de dinheiro disponível e terá que fazer nova recarga.

Pontos importantes são definir qual a finalidade, qual o limite de dinheiro que irá administrar com essa ferramenta, e qual o prazo que recarregará e isso deve ser analisada Também não se deve colocar todo dinheiro nesta ferramenta, pois, não estará rendendo, é interessante ter também outros investimentos para o dinheiro, sempre tendo como objetivo as realizações dos sonhos de médio e longo prazo, e também, um plano de previdência de longo prazo.

Para simplificar o entendimento, fiz o detalhamento dos pontos positivos e negativos dessa ferramenta.

Pontos positivos

1. Dificultará que ocorra o endividamento, visto que há um limite de gasto;

2. Pode se tornar uma ferramenta de educação financeira (pois estabelece a disciplina);

3. É uma forma de disponibilizar a mesada das crianças e jovens;

4. A pessoa que não usa banco poderá agora comprar pela internet com este cartão;

5. Mesmo com o nome negativo pode adquirir esse benefício;

6. Poderá comprar a vista e com desconto já que o cartão tem o poder igual ao dinheiro em espécie;

7. Segurança porque em caso de roubo ou perda poderá bloquear;

8. Acesso a uma camada da população que não tinha acesso a bancos, que corresponde a mais de 50 milhões de brasileiros.

Problemas e cuidados

1. Tem vários custos relacionados a taxas como aquisição e recarga;

2. Tem custo quando sacar dinheiro no caixa eletrônico;

3. O dinheiro posto nesta ferramenta não rende juros;

4. Deverá ser utilizado apenas para consumo de pequenos valores;

5. Seu controle é perigoso porque é eletrônico e por isso deverá anotar sempre que utilizado.

Leia também:

– Alta do dólar requer cuidado redobrado

– Casa própria – consórcio, financiamento ou à vista?

– Empresas devem se preocupar com aposentadoria sustentável dos colaboradores