Aumento dos juros: o lado bom e o ruim

Que o Comitê de Política Monetária (Copom) deverá aumentar a taxa básica de juros para conter a inflação pelo menos é o que todo mundo espera. Mas diferente do que muitos analistas falam, esse aumento pode ser vantajoso para as pessoas que não estão endividadas e que possuem valores para serem aplicados. Pois, elas poderão variar seus rendimentos e aumentar em muito suas rentabilidades. Só é necessário que tenha cuidado para não se arriscar muitos nesses investimentos. Um cuidado que deve ser tomado é com o dólar que tende a desvalorizar. Além disso, afetará positivamente os preços dos produtos.

Também, fará com que as pessoas que não estão endividadas pensem melhor antes de cair nesse rumo, já que o aumento da taxa de juros deixa mais caros os financiamentos, forçando o consumidor a comprar menos e, com isso, evitando uma pressão inflacionária. As compras desenfreadas que as pessoas estão expostas atualmente tendem a terminar.

Para as pessoas endividadas essa alta pode ser uma grande desgraça, se ela não perceberem que chegou a hora de colocarem suas contas em ordem através da educação. Assim a única alternativa é fazer um esforço para colocar as contas em dias é a pessoa se conscientizar da importância de mudar sua cultura financeira. Uma boa gestão financeira é fruto de uma série de pequenas ações que levam ao controle das contas. O primeiro passo é controlar todos os seus gastos, para saber onde se pode economizar.

Para fazer o controle de seus gastos, hoje se tem muitas as opções. Um exemplo é o site www.dsop.com.br, que demonstra, como fazer seu planejamento financeiro, possibilitando uma visão antecipada das contas a pagar e a receber, bem como quando o saldo está chegando no vermelho.